Header Ads

Planejamento? Não, obrigado! Após goleada, Sete de Dourados demite quarto técnico no ano

Bazílio Amaral foi mais uma vítima da falta de filosofia
do Sete de Dourados (Foto: Franz Mendes) 
O Sete de Dourados dá exemplo em 2017! O clube douradense mostra para todos os clubes os resultados da falta de planejamento para uma temporada que tinha tudo para ser o da consolidação no cenário estadual e até nacional. Nesta segunda-feira (5), o Sete anunciou o quinto técnico no ano e já com a eliminação na Série D do Campeonato Brasileiro praticamente consolidada, alguns jogadores começam a deixar o clube.

Nas prováveis três últimas partidas do time no ano, o zagueiro Márcio Santos, que está no elenco desde a fase final do estadual, será o técnico. Esta será a primeira experiência do defensor na função, portanto, mais uma incógnita para o torcedor. Ele substitui o técnico Bazílio Amaral, que foi demitido após a goleada para o Luziânia por 5 a 0 no último sábado (3), na cidade goiana.

Bazílio, aliás, muito provavelmente, deve se arrepender por ter se oferecido à ‘máquina de engolir treinadores’ que se mostrou o clube douradense neste ano. Após apostar no desconhecido Emanoel Sacramento e manda-lo embora após UM jogo oficial, o Sete contratou Mauro Marino, técnico promissor, porém que não se adequou a filosofia da equipe e, mesmo classificado pra fase final do estadual, decidiu deixar o clube em março.

Criticado e demitido do Corumbaense por não fazer render o elenco que viria a ser campeão estadual, Nei César foi a vítima escolhida. Levou o time à semifinal do estadual, perdendo a vaga na Copa Verde para o Operário. Apesar disso, foi mantido no cargo e fez toda a pré-temporada com o elenco para a Série D. Resultado: uma derrota na competição nacional, fora de casa, e acabou sendo substituído por Amaral, prestigiado após o vice-campeonato estadual com o Novo. O respaldo de Amaral durou exatos 11 dias. Período entre o primeiro contato com o elenco e o anúncio da demissão.

Junto ao técnico deixam também o clube o goleiro Alan Tobias, o zagueiro Neto, os laterais Breno e Diogo Bahia, o meia Bruninho e o atacantes Daniel Venância, Léo Souza e a grande contratação do clube para a Série D, o uruguaio Beto Acosta, que atuou apenas dois jogos na competição.

Agora sob o comando do zagueiro Márcio Santos, o Sete junta os cacos e tenta encerrar com honra a Série D, somando os primeiros pontos. Na próxima rodada, o clube recebe o Luziânia no estádio Douradão. A partida acontece no próximo domingo (11), às 16h. Um derrota pode decretar a eliminação matemática da equipe.


Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.