Header Ads

Comercial vence Sinop fora de casa, se classifica pela primeira vez e enfrenta América/RN na segunda fase

Colorado precisou mostrar reação em dois momentos da partida
para sair com a vitória (Foto: Reprodução)
A primeira vez a gente nunca esquece e este domingo (25) promete ficar na memória do torcedor colorado. Em partida emocionante, com gols, virada, expulsões e pênalti perdido, o Comercial venceu o Sinop por 3 a 2 no estádio Gigante do Norte, em Mato Grosso, e garantiu, de forma inédita, a classificação para a segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro.

Para sair com a vitória, porém, a equipe sul-mato-grossense teve de mostrar poder de reação, já que saiu atrás no marcador logo aos seis minutos em gol de Vinícius, mas ainda na etapa inicial virou o placar com gols de Bruno Nunes e Adriano, mas sofreu novamente o empate com gol de Vinícius, novamente.

Na etapa final, com dois jogadores a mais, o Colorado garantiu o gol na vitória em cobrança de pênalti de Leandro. O atacante Bruno Nunes ainda desperdiçou uma mais uma penalidade minutos depois, que não interferiu na situação final dos sul-mato-grossenses.

Para seguir sonhando com o acesso, o Comercial terá de passar por uma pedreira na segunda fase. Melhor equipe entre todos os grupos da Série D, o tradicional América/RN será o adversário do Colorado, com o primeiro jogo marcado para o próximo final de semana em Campo Grande e a volta em Natal, no dia 9/7.

Primeiro tempo alucinante

Colorado terá pela frente na próxima fase o tradicional
América/RN, melhor time da primeira fase (Foto: Divulgação)
Em vinte minutos, a situação do Comercial na Série D parecia uma montanha-russa. Logo aos seis minutos, o medo da eliminação precoce se acentuou com o gol de Vinícius para o Sinop/MT, em grande jogada do atacante Cabralzinho. Precisando vencer, o colorado foi pra cima e cinco minutos depois quase deixou tudo igual em chute que o zagueiro Jean salvou em cima da linha e a na sequência carimbou o travessão.

A pressão empregada nos donos da casa surtiu efeito e o empate veio aos 18 minutos, com o gol de Bruno Nunes aproveitando cruzamento de Mutuca. Dois minutos depois, o Comercial viu a classificação nas mãos, já que Adriano aproveitou passe de calcanhar de Felipe Pará e mandou às redes. No entanto, na mesma velocidade que virou, sofreu o empate, novamente com Vinícius que escorou passe de Andrezinho e deixou o colorado em situação delicada.

O resultado não era ruim, porém, na outra partida do grupo, o Anápolis batia o Ceilândia e roubava a segunda posição do Comercial, que passou a necessitar da vitória para se classificar. Aos 39 minutos, o zagueiro Marinho, do Sinop, fez falta dura e acabou expulso, deixando o Colorado com um a mais em campo.

Expulsão e pênaltis decidem partida

Mesmo com a vantagem numérica em campo, o Comercial começou em baixo ritmo e viu o Sinop apresentar maior perigo nos primeiros minutos. A situação foi se alterar apenas após os dez minutos quando o goleiro Naldo, do Sinop, passou a ser o grande destaque.

Em três oportunidades, o arqueiro salvou os donos da casa, porém, viu seu nome ser marcado por uma expulsão após chutar o atacante Luís Ricardo, que tentava impedir a saída de bola em velocidade. Além do cartão vermelho, Naldo deixou nas mãos do goleiro Gledson a responsabilidade de defender um pênalti, porém, o substituto não conseguiu evitar o terceiro gol colorado em cobrança convertida por Leandro Oliveira, aos 21 minutos.

Com mais espaço em campo, o Comercial passou a chegar com facilidade e conseguiu outro pênalti aos 28 minutos, quando Felipe Pará foi derrubado na área. Na cobrança, porém, Bruno Nunes parou em Gledson. No restante da partida, o Sinop, mesmo com poucas forças, tentou o gol de empate, no entanto, quem chegou perto de marcar foi o Comercial, que acertou o travessão aos 46 minutos com Mizael. Nos oito minutos finais de acréscimos, o Colorado se segurou e comemorou, ao apito final, a inédita classificação.





Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.