Header Ads

Confiante na estrela do treinador, Operário viaja para estreia no sub-19 contra Corumbaense

Atual campeão com o Novo, Mauro Marino tem a missão de
levar o Galo ao título do sub-19 neste ano (Foto: Nelson Corrales)
O Operário embarcou na tarde desta sexta-feira (19) para Corumbá, levando na mala além da expectativa de uma boa estreia no Campeonato Sul-Mato-Grossense sub-19, diante do Corumbaense, o objetivo subir um degrau na escala da categoria, se classificando novamente para a Copa São Paulo de 2018, porém, desta vez, com o título da competição, que não vem desde 2009.

No ano passado, a conquista escapou por pouco. Com a vantagem de jogar pelo empate na última rodada diante do Novo, o Galo segurou o 0 a 0 até os minutos finais, porém acabou sofrendo o gol que deu o título ao rival próximo aos acréscimos e, apesar da festa pelo retorno à Copinha, ficou um gostinho de ‘quero mais’ na diretoria e torcida operariana.

Para sai da fila de títulos, o Galo se reforçou justamente com o treinador campeão com o Novo em 2016. Mauro Marino, conhecido como ‘rei da base’ por conta das cinco classificações à principal competição de base do país, conquistada nos últimos anos, será o comandante do projeto que visa alcançar novamente a vaga na Copa São Paulo e revelar jogadores para o time principal.

“Estou muito feliz pelo convite que eu recebi para trabalhar no Operário. É uma responsabilidade muito grande. O Operário é uma camisa muito forte, não só em Mato Grosso do Sul, mas também no Brasil, e nós vamos fazer um trabalho profissional na categoria sub-19, com a mesma exigência e métodos que sempre aplicamos em equipes profissionais. Agradeço ao presidente e toda diretoria pela confiança e quero retribuir com bons frutos nessa temporada”, disse Marino, que neste primeiro semestre comandou o Sete de Dourados, conseguindo levar o time à segunda fase da Copa do Brasil.

Conhecedor na montagem do elenco, Marino ganhou o auxílio do ex-gerente de futebol do Comercial e Moreninhas, Karllinhos Oliveira, que comanda a base do clube, além de ter montado uma comissão técnica especializada na categoria. No elenco, onze jogadores que disputaram a Copa São Paulo neste ano com o Operário foram mantidos no time e outros foram escolhidos pontualmente para posições carentes. Os jogadores trabalham desde o último dia 27 de abril para a competição.

“Consegui montar uma comissão técnica de primeira, com atletas que fazem parte do elenco tem qualidade e nossa intenção é buscar a classificação à Copinha. A gente procurou errar o menos possível na escolha dos atletas e também manter aqueles jogadores que estavam na equipe do ano passado para depois fazer contratações pontuais”, conta o treinador.

Para o presidente do Operário, Estevão Petrallás, a bagagem que o treinador carrega, junto ao peso da camisa alvinegra tem tudo para formar um casamento perfeito que dê frutos ao clube no futuro próximo, já que o elenco conta com jogadores que ainda podem se manter na categoria por mais um ou até dois anos e assim, reforçar futuramente o time profissional.

“Pela história do clube faz com que tenhamos uma responsabilidade fora do comum, mas a expectativa é muito boa já que contamos com a vinda do treinador atual campeão, que tem qualidade e capacidade junto aos demais profissionais da comissão técnica, podemos fazer um bom trabalho e entrar para se classificar a Copa São Paulo”, pontua Petrallás.

A estreia do Operário contra o Carijó acontece neste sábado (20), às 17h, no estádio Arthur Marinho, em Corumbá. A competição será disputada em pontos corridos com os dois melhores garantindo vaga no torneio nacional. “Serão jogos corridos e a cada rodada temos que nos esforçar muito e ter um nível de concentração alto para buscar a classificação e também buscar o título, que seria a cereja no bolo dessa competição”, conclui Mauro Marino.


Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.