Header Ads

Comercial sofre gol no último minuto e fica no empate com Anápolis

Apesar do empate no fim, Comercial dorme da liderança do grupo
(Foto: Divulgação/Anápolis)
Empate com sabor de derrota. Foi esse o sentimento dos jogadores e comissão técnica do Comercial na tarde deste sábado (27) no estádio Jonas Duarte. Vencendo por 1 a 0 até os 51 minutos do segundo tempo, o colorado acabou sofrendo o gol de empate e volta para Campo Grande com um ponto e a liderança provisória no grupo A10

Com apenas duas mudanças na equipe, o técnico Valter Ferreira admitiu uma postura mais defensiva do time colorado, que tratou de segurar a pressão dos donos da casa nos minutos iniciais. A estratégia era apostar nos contra-ataques e bolas paradas, foi assim que apareceu a primeira grande oportunidade, em cobrança de falta de Mizael que Xandão mandou no travessão, logo aos 10 minutos.

Retraído, o Comercial conseguiu já aos 43 minutos o incentivo que precisava para se lançar mais ao ataque. Em contra-ataque, o zagueiro Marcus Vinícius, do Anápolis, cometeu falta e foi expulso. Quatro minutos depois, na cobrança da falta, o lateral Mizael acertou um chute com perfeição, no ângulo do goleiro João Victor, abrindo o placar na partida e dando a vantagem ao time sul-mato-grossense.

Disposto a ampliar o resultado, o técnico Valter Ferreira mandou a campo para o segundo tempo os atacantes Luís Ricardo e Kanga, que seria responsável em puxar os contra-ataques. O primeiro grande lance de perigo na etapa final, no entanto, foi dos donos da casa, que quase marcaram com Pedro Henrique aos 14 minutos, sendo travado por Igor na hora da finalização.

O Comercial só foi ameaçar de fato aos 25 minutos, em chute de Luís Ricardo que o goleiro João Victor defendeu. Dois minutos depois, o atacante teve, porém, que ser substituído com uma lesão na perna, sendo encaminhado imediatamente ao hospital de Anápolis. Mesmo sem o homem de referência na frente, o Colorado seguiu pressionando, porém parava no goleiro João Victor.

Disposto a evitar a derrota em casa, o Anápolis ignorou o fato de estar com um homem a menos em campo e se lançou de vez ao ataque a partir dos 30 minutos. Dai em diante, o grande nome do jogo passou a ser o goleiro Guilherme, que salvava o Comercial. Com seis minutos de acréscimos, o Anápolis passou para o tudo ou nada e arriscava em cruzamentos que nas duas primeiras vezes o goleiro colorado salvou, em cabeçadas de Jean e em chute cruzado de Pedro Henrique. Porém já aos 51 minutos, Neilson cruzou na área e o mesmo Pedro Henrique apenas escorou para igualar o placar e definir o resultado do jogo.

Apesar do gosto amargo pelo empate, o Comercial chega agora aos quatro pontos no grupo A10, dormindo na liderança, porém com a possibilidade de ser ultrapassado pelo Ceilândia/DF que enfrenta neste domingo (28) o Sinop/MT. O Anápolis conquista o primeiro ponto e fica a frente apenas do time de Mato Grosso que ainda não somou pontos.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (4/6), pela terceira rodada da competição. O Comercial recebe o Ceilândia, às 16h, no estádio Morenão, em Campo Grande, enquanto o Anápolis vai até Sinop, onde encara o time de Mato Grosso.

FICHA TÉCNICA – ANÁPOLIS 1 x 1 COMERCIAL

Local: Estádio Jonas Duarte, em Anápolis/GO
Data: sábado, 27 de maio de 2017
Horário: 15h (de Mato Grosso do Sul)
Árbitro: Rodrigo Gomes Paes Domingues
Assistentes: Adailton Fernando Menezes e Alexandre de Lima Hume
Gols: Comercial – Mizael, aos 47’ do primeiro tempo; Anápolis – Pedro Henrique, aos 51 do segundo tempo.
Cartão vermelho: Anápolis – Marcus Vinícius, aos 43 do primeiro tempo.

ANÁPOLIS: João Vitor; Marcelo, Marcus Vinicius, Jean Pablo e Neilson; Leandro Bulhões, Hélder e Felipe Baiano; Juninho (David), Richely e Schwenck (Pedro Henrique)
Técnico: Ramon Menezes

COMERCIAL: Guilherme; Mizael, Jaime, Xandão e Salomão; Igor Pimentel, Adriano e Kasado; Felipe Pará, Nathan (Kanga) e Bruno Nunes (Luís Ricardo).
Técnico: Valter Ferreira


Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.