Header Ads

Após vice-campeonato, Bazílio Amaral nega proposta do Sete e diz querer seguir no Estado em 2018

Treinador se destacou na campanha do clube vice-campeão
estadual (Foto: Noé Faria)
A bela campanha do Novo no Campeonato Sul-Mato-Grossense, encerrada neste domingo (7) com o vice para o Corumbaense, começa a alavancar a carreira de alguns dos destaques da equipe. Mentor e tido como um dos responsáveis por levar o time à decisão, o técnico Bazílio Amaral já é especulado em outros clubes para a sequência da temporada, inclusive no Sete de Dourados, que disputa a Série D, porém o treinador nega qualquer proposta, apesar de expressar a vontade de seguir no Estado.

Em sua primeira experiência a frente de um clube profissional, Amaral comandou o Novo em quinze jogos no estadual, conseguindo cinco vitórias, cinco empates e outras cinco derrotas, porém chegou junto ao clube pela primeira vez além das quartas de final, derrubando na fase decisiva o Águia Negra, então time de melhor campanha, e o atual campeão Sete de Dourados. Ele foi eleito nesta segunda-feira (8) o melhor técnico do estadual em lista feita pelo Arquibancada MS.

Presente na decisão do terceiro lugar entre Operário e Sete de Dourados na última terça-feira (2), o técnico foi visto conversando com o gestor do Sete, Tony Montalvão, porém, apesar das especulações negou qualquer acordo com o time douradense para a Série D do Campeonato Brasileiro.

“A gente se encontrou, mas conversamos sobre outras coisas. Não teve nada a ver com relação a Série D. Conheço o Tony desde o ano passado quando vim aqui e o Sete tem um treinador muito qualificado, que é o Nei César, e é ele o treinador para Série D”, disse o treinador a Rádio Esporte MS após a decisão deste domingo.

Com família no Estado de São Paulo, Bazílio irá retornar para sua casa na cidade de Campinas e pretende decidir entre seguir trabalhando na região paulista no segundo semestre ou então voltar ao Mato Grosso do Sul, que terá Comercial e Sete de Dourados com calendário na Série D. Certo é que o treinador quer em 2018 comandar novamente um time no estadual sul-mato-grossense.

“Estou indo pra casa nessa semana, vou ver minha esposa, minhas filhas e deixo Deus ver o que acontece. Pode ser aqui em Mato Grosso do Sul no segundo semestre, pode ser em São Paulo. Meu projeto de carreira é ficar mais um ano aqui, disputar estadual e Copa do Brasil, então no ano que vem pretendo estar aqui novamente”, concluiu Amaral.

Com a segunda posição no estadual, o Novo garantiu, junto com o Corumbaense, vaga na Copa do Brasil e na Série D do Campeonato Brasileiro em 2018. 


Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.