Header Ads

Sem dificuldades, Operário vence Urso fora de casa e coloca um pé nas semifinais

Se a vantagem de decidir em casa e jogar por dois resultados iguais já colocava o Operário com favoritismo frente ao Urso, o resultado do primeiro duelo entre as equipes pelas quartas de final praticamente garantiu o Galo na próxima fase do estadual. Com um segundo tempo arrasador, o alvinegro não teve dificuldades para vencer o time de Mundo Novo neste domingo (2), em plena Toca do Urso, por 3 a 0 e colocar um pé na classificação às semifinais.

Galo marcou os gols que garantiram a vitória no segundo
tempo (Foto: Orisvaldo Sales)
Mesmo sem gols na primeira etapa, o Galo foi quem apresentou um futebol mais ofensivo, criando as melhores oportunidades de marcar. Com cinco minutos, a equipe da capital já havia chegado perto de abrir o marcador em duas vezes, com Rodrigo Grahl, que perdeu excelente chance de cabeça, e Luís Jorge, que também não conseguiu converter.

Se reestabelecendo aos poucos na partida, o Urso até conseguiu suportar a pressão no restante da etapa inicial, no entanto pouco conseguiu ameaçar e ainda contou com a sorte nas duas últimas oportunidades do Galo, com Agnaldo, aos 38 minutos, que mandou pra fora após bela jogada individual, e Válber, que recebeu de Wilson e marcou, porém o assistente marcou impedimento na jogada.

A competência que faltou ao Operário nos primeiros 45 minutos para concluir, sobrou na etapa final. Com 13 minutos, o Galo conseguiu enfim vencer o goleiro Roger Paranhos, em linda finalização de Igor Villela, de fora da área, que acertou o ângulo. Dez minutos depois, foi a vez do lateral Da Silva deixar o seu, também em bela conclusão, em que deu um leve toque por cima do arqueiro do Urso.

Para perder a vaga, o Operário terá de perder por, no mínimo,
quatro gols de diferença na volta (Foto: Anderson Ramos)
Sentindo o bom momento, o Operário seguiu pressionando os donos da casa e logo após marcar o segundo gol teve outras duas chances de aumentar a vantagem, novamente com Da Silva, que parou no goleiro, e Rodrigo Grahl, que até converteu, mas o gol também foi anulado por impedimento.

De tanto tentar, porém, o Galo finalmente definiu o resultado aos 28 minutos, com Rodrigo Grahl, em cobrança de falta que desviou na barreira e entrou. Nos 20 minutos finais, o Urso pouco ameaçou o goleiro França e viu a derrota praticamente selar a despedida da competição em casa.

Urso golear na capital para avançar

A indigesta derrota em casa complicou e muito a situação do Urso na competição. Com o Operário já tendo a vantagem de jogar por resultados iguais, o time de Mundo Novo precisa vencer o Galo por quatro gols de diferença o próximo duelo para seguir na competição.

Para o Operário, além da vaga estar muito perto de ser assegurada, o clube garantiu também a vantagem de decidir em casa e jogar por resultados iguais nas semifinais, seja contra União/ABC ou Corumbaense já que atingiu pontuação geral suficiente para não ser alcançado por nenhum dos clubes, que empataram em 1 a 1 o primeiro jogo.

A partida decisiva entre Operário e Urso está programada para acontecer no próximo sábado (8), às 17h, no estádio Morenão, em Campo Grande. 


Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.