Header Ads

Saiba como ficou a situação de cada confronto após os jogos de ida das quartas de final

Os primeiros 90 minutos de cada duelo das quartas de final do Campeonato Sul-Mato-Grossense se foram e neles, apenas uma equipe encaminhou a classificação às semifinais. Três confrontos seguem abertos: mesmo revertendo a vantagem dos rivais, Novo e Sete de Setembro ainda terão de segurar o placar fora de casa, assim como o Corumbaense que terá de evitar a derrota no confronto de volta diante do União/ABC. Confira abaixo como ficou a situação de cada um dos duelos:

Águia Negra x Novo

Além de reverter a vantagem de jogar por dois empates, o Novo conseguiu, com a vitória por 2 a 0 na ida, criar uma vantagem magra que pode ser queimada no duelo de volta, em Rio Brilhante. Para avançar, o Águia Negra precisa derrotar o time da capital por dois gols de diferença, ou seja, placares como 2 a 0, 3 a 1 ou 4 a 2 são favoráveis ao rubro-negro. Qualquer empate ou até derrota por apenas um gol de diferença garante o Novo pela primeira vez nas semifinais do estadual.

Nesta edição do estadual, o Águia venceu em três oportunidades pelo placar que precisa aplicar diante do Novo. Na primeira fase, em casa, venceu Ivinhema e Urso, por 2 a 0 e 4 a 0, respectivamente. Por outro lado, o Novo perdeu apenas duas vezes por dois gols de diferença, contra Operário e União/ABC.

Comercial x Sete de Setembro

Confronto segue aberto (Foto: Noé Faria)
Assim como na decisão do estadual do ano passado, o Sete conseguiu reverter a vantagem no primeiro duelo, vencendo no Douradão por 1 a 0 e o Comercial chega ao segundo jogo precisando vencer por um placar simples para avançar. Para o time douradense, qualquer empate basta para chegar pela segunda vez seguida às semifinais. Como trunfo, o tricolor conta com o técnico Nei César, que ainda não perdeu nesta edição do estadual – treinando Corumbaense e Sete – e foi quem mais empatou, em sete oportunidades.



Corumbaense x União/ABC

Em Campo Grande, as equipes ficaram no empate em 1 a 1, desta forma, o Carijó manteve a vantagem e um novo empate garante a terceira classificação consecutiva às semifinais. Para o União/ABC só resta a vitória, no entanto, terá de tirar a invencibilidade do Carijó no estadual e no Arthur Marinho, onde o time pantaneiro não é derrotado desde o dia 10 de fevereiro do ano passado, quando o Águia Negra venceu por 1 a 0, pela primeira rodada do estadual.

Operário x Urso

Operário se aproximou da vaga (Foto: Anderson Ramos)
Duelo mais resolvido dentre todos desta fase, o Operário colocou, com a vitória por 3 a 0 em Mundo Novo, um pé e meio na classificação, só perdendo com um desastre. Em casa, o Galo poderá perder por placares de até três gols de diferença que ainda assim se classifica. Ao Urso, só resta golear por 4 a 0, 5 a 1, ou qualquer outro resultado nesta mesma diferença, o que a equipe não conseguiu em nenhuma partida neste estadual.

As voltas e o chaveamento

Os confrontos serão decididos entre os próximos sábado (8) e domingo (9), cada dia já definindo os duelos nas semifinais. No sábado, às 17h, o Operário enfrenta o Urso no estádio Morenão e o classificado enfrenta quem passar entre Corumbaense e União/ABC, que jogam no mesmo dia, às 18h, no Arthur Marinho.

Já no domingo, acontecem os outros dois duelos. Às 15h, Comercial e Sete de Dourados se enfrentam no estádio Morenão. Quem avançar encara Águia Negra ou Novo, que definem a última vaga no estádio Ninho da Águia, em Rio Brilhante, às 17h.


Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.