Header Ads

Comercial entrará com ação no TJD e quer paralisação do estadual

Colorado alega que infração do Operário teria prejudicado
todo o estadual (Foto: Anderson Ramos)
A diretoria do Comercial anunciou na tarde desta terça-feira (11) que também entrará com uma ação no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD/MS), alegando irregularidade no andamento das partidas do Campeonato Sul-Mato-Grossense devido a possível infração cometida pelo Operário. O Colorado, assim como o Urso, alega que o Galo utilizou o volante Eduardo Arroz, sem o mesmo ter condições, já que foi suspenso ainda durante o estadual 2016.

Arroz foi expulso na segunda partida semifinal do ano passado, quando ainda defendia o Sete de Dourados. Cumpriu a suspensão automática no primeiro jogo da final entre Sete e Comercial e depois voltou a campo na partida decisiva. O problema é que o julgamento que analisou a expulsão aconteceu apenas no dia 31 de maio e o jogador foi punido com três jogos de suspensão. Como já havia cumprido um, sobraram dois para competições posteriores. O Sete não recorreu da decisão.

Como o jogador não esteve contratado por nenhuma equipe do Estado para a Série B, onde poderia cumprir a pena, Arroz deveria ficar fora dos dois primeiros jogos pelo time que defenderia em 2017 no Estadual, no caso o Operário, o que acabou não acontecendo.

Diante disso, o Comercial entendeu que o campeonato foi prejudicado, já que o alvinegro teria desrespeitado o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), assim, o clube deve reivindicar a paralisação do estadual.

Com informações, assessoria EC Comercial


Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.