Header Ads

União marca nos minutos finais, vence Novo e se classifica as quartas de final



Com a vitória, União sobe para a segunda posição da chave
e confirma presença na fase final (Foto: Anderson Ramos)
O Novo esteve a dois minutos da classificação, mas com um gol do atacante Marcelo, nos minutos finais, o União/ABC venceu o Novo por 1 a 0 neste sábado (25), no estádio Morenão, e garantiu vaga nas quartas de final do Campeonato Sul-Mato-Grossense.

Da classificação praticamente assegurada, o Novo agora terá de torcedor contra o Costa Rica para seguir à próxima fase do estadual. Com 12 pontos, o time alviverde cai para a quarta colocação e caso o time do interior vença o Comercial no estádio Laertão, neste domingo (25), ultrapassa o Novo e segue à fase mata-mata. Empate ou vitória do Comercial garante a classificação ao esmeraldino da capital.

No lado tricolor do União apenas festa. De candidato ao rebaixamento, o clube surpreendeu a muitos e chega aos 14 pontos, subindo à segunda posição do grupo A, ultrapassando o Comercial que ainda joga na rodada. Herói da classificação, Marcelo chega aos 11 gols no estadual, aumentando ainda mais a vantagem na artilharia da competição.

O jogo

Novo precisa torcer contra o Costa Rica para avançar de fase
e seguir no estadual (Foto: Anderson Ramos/Capital News)
Quem assistiu ao jogo até a metade do segundo tempo e olha o placar final, muito provavelmente não vai acreditar ser verdade. Isso porque o Novo esteve melhor durante 75 minutos, criando as melhores oportunidades, porém mais uma vez não conseguiu efetivar a superioridade em gols.

No primeiro tempo, o Novo conseguiu criar cinco boas chances, porém em nenhuma delas conseguiu sequer exigir do goleiro Marcos uma defesa. Nos vinte minutos inicias Andrinho, em três oportunidades, e Wesley, em cobrança de falta, chegaram bem, mas mandaram para fora. O União só foi começar a aparecer no campo de ataque após os 35 minutos, porém sem perigo. No último lance antes do intervalo, o atacante Vilmar ainda teve grande oportunidade, mas cabeceou torto, ao lado do gol.

Ainda seguindo a tônica da etapa inicial, o Novo voltou melhor no segundo tempo, desperdiçando um bom momento com o zagueiro Diogo Rincón, aos nove minutos, que cabeceou pra fora. A primeira defesa do goleiro do União foi acontecer quatro minutos mais tarde em chute de Vilmar, que Marcos conseguiu fazer grande intervenção. Aos 19, o arqueiro voltou a aparecer em finalização de Vandinho.

O empate, aparentemente, agradava os dois times, já que o Novo se classificaria e o União só deixaria o G4 em caso de goleada do Costa Rica sobre o Comercial, no entanto, o técnico Robert, do União, parecia não querer depender de outros jogos e colocou o time pra frente na metade final do segundo tempo. A partir dos 25 minutos o tricolor cresceu e conseguiu duas boas investidas com Dougão, de cabeça, e depois com Cristian, em tabela com Marcelo, que acabou em finalização pra fora.

A definição do placar ficou para os minutos finais. Quando a partida parecia caminhar para o 0 a 0, o meio-campista Everton invadiu a área e foi derrubado por Vandinho. O árbitro Rafael Pietrafesa marcou pênalti e desencadeou uma confusão, onde o atacante Michael, do Novo, acabou agredindo com um soco o árbitro, sendo expulso e levado preso à delegacia. Cinco minutos depois, Marcelo foi para a cobrança e marcou o gol.

Com um a menos, o Novo ainda teve três minutos para tentar o gol de empate, mas o que conseguiu foi apenas mais um jogador expulso. Em chegada violenta, o volante Maguilla recebeu cartão vermelho do árbitro, que na sequência encerrou o jogo, confirmando a classificação do União ABC.

Salários atrasados

Após o gol, atacante Michael agrediu o árbitro e saiu preso
do estádio (Foto: Anderson Ramos/Capital News)
Na tentativa de explicar a falta de pontaria do time, o meia do Novo, Wesley, lamentou que em mais uma partida o time não tenha conseguido concluir as oportunidades criadas e disse que fatores como os salários atrasados no clube podem ter influência sobre estas situações de jogo e nas expulsões.

Caso avance de fase, tanto o volante Maguilla quanto o atacante Michel desfalcam o time na partida de ida das quartas de finais, podendo pegar gancho maior do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), que irá julgar as expulsões.

Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.