Header Ads

Naviraiense vence clássico e rebaixa Ivinhema para segunda divisão



Jogadores do Naviraiense comemoram a vitória que livrou
time da Série B e empurrou Ivinhema (Foto: Orisvaldo Sales)
Após nove anos na elite do Campeonato Sul-Mato-Grossense, o Ivinhema não disputará a primeira divisão estadual em 2018. O Azulão foi derrotado por 3 a 1 no clássico contra o Naviraiense na tarde deste domingo (26) no estádio Virotão e viu o rival o ultrapassar na última rodada da primeira fase, determinando a queda para a Série B da próxima temporada.

Mesmo jogando fora de casa, era o Ivinhema quem tinha a vantagem, já que chegou à partida com a possibilidade de se manter na primeira divisão com um empate, pois tinha melhor saldo que o Jacaré, apesar de empatados em pontos. Ao Naviraiense somente a vitória interessava e ela começou a ser escrita aos 36 minutos do primeiro tempo com o gol de Marcelinho.

Ainda com o risco de perder a posição em caso de empate do Ivinhema, o Naviraiense seguiu em cima e conseguiu mais sossego no placar aos 10 minutos da etapa final com o gol de Junior Carvalho. A tranquilidade durou até os 32 minutos, quando Biriba descontou e recolocou o Azulão na disputa.

A tentativa de pressão final se encerrou aos 46 minutos, quando Renan invadiu a área, driblou o goleiro André Moreto, que o derrubou e o árbitro marcou pênalti, expulsando o arqueiro. Como já havia feito as três alterações, o Ivinhema mandou um jogador de linha ao gol, porém não conseguiu segurar a cobrança de David, que garantiu a vitória do Tricolor do Conesul, que se mantém na Série A.

Como já não havia possibilidades de classificação, a manutenção foi comemorada como um título pelos jogadores do Naviraiense, que assim como o Ivinhema teve dificuldades financeiras para montar o elenco e colocar a equipe em disputa no estadual. Na lanterna do grupo B, o Ivinhema junto a Serc, que terminou na última colocação da chave A, são terão de tentar o retorno à primeira divisão na Série B em 2018.

Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.