Header Ads

Comercial vence União/ABC e presenteia torcida com a vice-liderança da chave A



Não foi uma partida digna dos áureos tempos, no entanto, o resultado valeu muito para a situação do clube no Campeonato Sul-Mato-Grossense. Comemorando o aniversário de 74 anos, o Comercial enfrentou o União/ABC na noite desta quarta-feira (15), no estádio Morenão, e venceu por 2 a 1, subindo para a vice-liderança do grupo A no estadual.

Apesar do triunfo, a decepção ficou por conta do público presente. Como ação em virtude do aniversário do clube, a diretoria colorada preparou copos comemorativos para serem entregues aos 500 primeiros torcedores que chegassem ao estádio, no entanto, quase metade das lembranças se manteve embrulhadas já que apenas 280 pessoas estiveram no Morenão.

Vários desses torcedores ainda chegavam ao estádio quando Jorge Henrique colocou o Comercial à frente no placar logo aos dois minutos, aproveitando cochilo da zaga do União, que apenas viu o meia entrar na área e deslocar o goleiro Marcos. Antes dos dez minutos o alvirrubro ainda criou outras duas chances, porém o atacante Conrado não conseguiu concluir ambas.

O União só foi acordar para o jogo a partir dos dez minutos. Nos primeiros ataques, o time do colégio ABC chegava de forma tímida, mas foi aos 17 minutos que o principal nome do Colorado na etapa inicial começou aparecer. Em cobrança de falta de Marcinho, o goleiro Jefferson fez o primeiro milagre da noite, buscando a bola no ângulo. Minutos depois, o zagueiro Douglas perdeu boa oportunidade em cabeçada que passou ao lado e aos 24 minutos, o arqueiro voltou a aparecer aos em chute cruzado de Luquinhas.

Com tanto sufoco no primeiro tempo, o técnico Valter Ferreira não escondeu seu descontentamento com a atuação da equipe. Apesar de manter o time para a etapa final, bastou apenas os primeiros minutos e a bola na trave acertada pelo atacante Marcelo, do União, para que o técnico começasse a mudar a equipe, começando pela saída do atacante Conrado.

Apesar da postura não mudar de imediato e o União continuar criando, após os 20 minutos, o Comercial voltou a aparecer no campo de ataque. Aos 22 minutos, o volante Nikki teve grande oportunidade, desperdiçando cara-a-cara com o goleiro Marcos, que defendeu. Apenas cinco minutos se passaram até que o Colorado conseguisse aumentar a vantagem. Em cruzamento de Lucas Paulista, o atacante Lucas Cassiano dividiu com a marcação e o árbitro viu pênalti, que o atacante Rafael Renato converteu.

O alivio com a vantagem mais folgada durou apenas dois minutos até que o meia Cristian, do União, sofresse pênalti e o artilheiro Marcelo cobrasse para diminuir o placar e aumentar para oito o número de gols no estadual, abrindo dois sobre Wilson, do Operário. O gol animou o ABC que se lançou ao ataque, porém quem quase marcou nos minutos seguintes foi o Comercial, em chute de Lucas Paulista de muito longe que carimbou a trave. Mesmo com volume intenso, o União desperdiçou a última chance mais evidente com o lateral Luberto, que manteve o resultado a favor do Colorado.

Este foi o primeiro triunfo do Comercial sob o comando de Valter Ferreira, que estreou no último final de semana no empate fora de casa contra a Serc. Agora com 11 pontos, o alvirrubro chega à segunda colocação e pode encaminhar a classificação já na próxima rodada. O União cai para a lanterna, prejudicado com a vitória do Novo sobre a Serc, no entanto, segue a apenas um ponto do quarto colocado.

O time tricolor volta a campo no próximo domingo (19), em confronto decisivo diante da Serc, em Chapadão do Sul. Uma vitória tira a equipe da zona de rebaixamento e coloca novamente no G4. Já o Comercial tem pela frente o clássico diante do Operário, na próxima quarta-feira (22), no estádio Morenão.

Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.