Header Ads

Gestor do Sete espera lucro de quase meio milhão com classificação na Copa do Brasil



Lucro do time apenas com as cotas dadas pela CBF será
superior a R$ 400 mil (Foto: Rafael Coca)
Não é só esportivamente que o Sete de Setembro tem que comemorar a classificação à segunda fase da Copa do Brasil nesta quarta-feira (8) em cima do River/PI. A vitória por 1 a 0 que garantiu o time sul-mato-grossense em mais uma etapa do torneio nacional promete render quase meio milhão aos cofres da equipe e deve aliviar as contas por alguns meses.

Ainda sem receber da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) parte da cota por participação na primeira fase da competição nacional, que totaliza o valor de R$ 226 mil, o gestor do Sete de Setembro espera algo em torno de R$ 450 mil pela classificação à segunda fase, além de patrocínios pontuais para a partida contra o Sport. No entanto o dirigente alerta que esses novos acordos deverão ser valorizados nas próximas semanas, devido a maior exposição do time.

“Tem algumas empresas que não queriam patrocinar neste primeiro jogo, estavam esperando passar de fase, só que agora os valores também serão negociados”, afirmou após a vitória sobre o River/PI à rádio Grande FM, de Dourados.

O valor esperado, no entanto, não bate com o divulgado há um mês pelo jornalista Wellington Campos, da Rádio Itatiaia, de Belo Horizonte/MG, que realizou uma pesquisa sobre a mudança nos valores das cotas. De acordo com o valor apresentados, na segunda fase, os times de fora da elite do Campeonato Brasileiro receberiam “apenas” R$ 315 mil.

De qualquer forma, o valor deve vir a calhar no time douradense, que ainda acumula dívidas com atletas e membros da comissão técnica na última temporada, devido a participação na Série D do Campeonato Brasileiro, e também dá suporte para a manutenção da equipe nas demais competições que disputa neste ano: estadual, Copa Verde e novamente a Série D.

O confronto contra o Sport acontecerá em Recife, provavelmente no estádio Ilha do Retiro, em 22 deste mês ou então em 1º de março, data a ser confirmada pela CBF. Devido ao adversário ser um dos mais tradicionais clubes do país, a partida deverá ter transmissão em rede nacional em canais fechados, o que valorizará os novos patrocínios no Sete. Em caso de nova classificação, o valor da bonificação pode passar para R$ 680 mil.

Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.