Header Ads

Em desacordo com empresário, Sete cancela negócio com atacante Acosta



Uruguaio não deve defender mais o clube douradense e foi
oferecido ao Comercial para Série D (Foto: Almeida Rocha)
O atacante Acosta não deve mais defender o Sete de Setembro após o fim do seu vínculo com o Taboão da Serra/SP. O uruguaio estava acertado com o clube sul-mato-grossense desde o fim de dezembro do ano passado, porém um desentendimento entre o gestor do clube, Tony Montalvão, e o empresário do jogador, Edivan Batista, fez com que o negócio fosse desfeito.

Batista é representante também do atacante argentino Mariano Lavezzi, que deixou o Sete recentemente devido ao pouco aproveitamento. A situação acabou desgastando a relação entre o empresário e Montalvão, que preferiu cancelar a negociação e não se comprometer com mais despesas para após o Campeonato Sul-Mato-Grossense.

Desta forma, após o fim da primeira fase da Série A3 do Campeonato Paulista, caso o Taboão da Serra não se classifique, o jogador de 40 anos estará livre para acertar com outros clubes no segundo semestre. O Comercial recebeu a oferta de contar com o uruguaio, porém, ainda conversa com o empresário.

Eliminado da Copa Verde e da Copa do Brasil, o Sete de Setembro se concentra agora apenas no Campeonato Sul-Mato-Grossense onde divide a lanterna do grupo B junto ao Naviraiense, ambos com dois pontos, porém com o Jacaré tendo saldo pior. No segundo semestre, o time douradense ainda representa Mato Grosso do Sul na Série D do Campeonato Brasileiro junto ao Comercial.

Carreira

Acosta começou a carreira no Defensor Sporting, do Uruguai, passando por Platense, Cerrito, onde atuou quase trezentas partidas, marcando mais de cem gols, e Peñarol, antes de chegar ao Brasil, em 2007, para defender o Náutico/PE. Pelo timbu, foi artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2007, marcando 19 gols, que o credenciou a defender o Corinthians no ano seguinte, na segunda divisão nacional.

Após apenas um ano no clube paulista, marcando dez gols, o jogador retornou ao Náutico e depois passou a peregrinar, voltando ao Defensor e depois em diversos clubes modestos do Brasil. Em 2016, defendeu o Santos/AM e o Botafogo/DF e desde novembro veste a camisa do Taboão da Serra, onde atuou em cinco jogos pela Série A3 como titular, marcando dois gols.

Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.