Header Ads

Atacante Acosta pode reforçar Sete na estreia da Copa do Brasil contra o River/PI




Uruguaio terá uma reunião nesta segunda para tentar
liberação no Taboão da Serra/SP (Foto: Reprodução)
acertado com o Sete de Setembro desde o fim de dezembro do ano passado, o atacante uruguaio Alberto Acosta, de 40 anos, ex-Corinthians e que atualmente defende o Taboão da Serra, pode reforçar o tricolor antes mesmo do esperado.

Previsto para chegar a Dourados apenas após a Série A3 do Campeonato Paulista, o jogador tentará nesta segunda-feira (6), em reunião com o presidente do clube do interior de São Paulo, Anderson Nobrega, a rescisão de seu vínculo e caso consiga, pretende estar à disposição do técnico Mauro Marino já na partida desta quarta-feira (8) diante do River/PI, pela Copa do Brasil.

Insatisfeito no clube paulista, o uruguaio não pretende cumprir o contrato até o fim e mesmo que não consiga a liberação ainda nesta semana, o jogador garante se apresentar no Sete em no máximo 15 dias, podendo assim jogar todo o returno da primeira fase do estadual, além de eventuais fases seguintes da Copa Verde e Copa do Brasil, caso o time sul-mato-grossense consiga avançar nos torneios.

Em virtude do curto tempo até o jogo contra o time piauiense, o Sete terá de montar uma força-tarefa para contar com o atacante, já que é necessário providenciar a documentação para regularização junto a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e torcer para o nome do jogador apareça até 24 horas antes do jogo, que está programado para quarta-feira (8), às 20h30, no estádio Douradão.

Carreira

No Corinthians, o jogador marcou apenas 10 gols no ano em
que a equipe disputou a Série B (Foto: Torcedores.com)
Acosta começou a carreira no Defensor Sporting, do Uruguai, passando por Platense, Cerrito, onde atuou quase trezentas partidas, marcando mais de cem gols, e Peñarol, antes de chegar ao Brasil, em 2007, para defender o Náutico/PE. Pelo timbu, foi artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2007, marcando 19 gols, que o credenciou a defender o Corinthians no ano seguinte, na segunda divisão nacional.

Após apenas um ano no clube paulista, marcando dez gols, o jogador retornou ao Náutico e depois passou a peregrinar, voltando ao Defensor e depois em diversos clubes modestos do Brasil. Em 2016, defendeu o Santos/AM e o Botafogo/DF e desde novembro veste a camisa do Taboão da Serra, onde atuou nos dois primeiros jogos da Série A3 como titular, marcando o único gol da equipe na competição.

Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.