Header Ads

Adversário do Colorado na Copa do Brasil, Joinville venceu apenas um jogo neste ano




Em sete jogos, time catarinense empatou quatro e marcou
somente três gols (Foto: Maykon Lammerhirt/RBS)
O Joinville já está em Campo Grande para a partida diante do Comercial pela primeira fase da Copa do Brasil e tentará na noite desta quarta-feira (15), às 19h45, ao menos repetir o placar que mais obteve neste início de temporada, o empate. Com calendário apertado, se dividindo entre Campeonato Catarinense, Primeira Liga e agora Copa do Brasil, o JEC já disputou sete partidas esse ano, tendo quatro empates, duas derrotas e apenas uma vitória.

A única vitória do time tricolor aconteceu pela quarta rodada do estadual de Santa Catarina, diante do Metropolitano, por 1 a 0, na Arena Joinville. Atuando fora de casa, o time ainda não venceu, empatando com a Chapecoense em 0 a 0 e com o Almirante Barroso/SC por 2 a 2 e sendo derrotado por Criciúma, por 1 a 0, e Atlético/MG, por 2 a 0.

Apesar de perder apenas duas vezes, o time do técnico Fabinho Santos chega pressionado, com a obrigação de voltar para casa com a vaga, já que além da confiança que uma vitória em Campo Grande pode trazer, a bonificação de R$ 315 mil dada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) à equipe classificada é essencial para o equilíbrio das contas do clube que disputará a Série C do Campeonato Brasileiro nesta temporada.

Para o duelo contra o Comercial, o treinador do time catarinense relacionou 18 jogadores, devendo mantér praticamente o time que iniciou no empate sem gols no último final de semana diante do Avaí, na Arena Joinville, pelo Campeonato Catarinense. A única mudança será a entrada de Alex Ruan na lateral esquerda no lugar de Fernandinho, que está contundido. Assim, o JEC deve ir a campo nesta quarta com Jhonatan; Roberto, Henrique Mattos, Max e Alex Ruan; Renan Teixeira, Luiz Meneses e Lúcio Flávio; Ciro, Fabinho Alves e Aldair.

Joinville contra o Comercial - Football tactics and formations
Disposição tática do provável time do Joinville contra o Comercial (Arte:ShareMyTactics)

Falta de gols, a maior deficiência

Mesmo com um esquema aparentemente ofensivo, com três atacantes, o maior problema encontrado até então na temporada é justamente a falta de eficiência na finalização. Até o momento, foram apenas três gols marcados, todos contra equipes de menor expressão – dois no Almirante Barroso e um no Metropolitano –, passando em branco em cinco partidas.

Principais nomes anunciados para essa temporada, o atacante Ciro, ex-Sport/PE e Fluminense/RJ, e o experiente meio-campista Lúcio Flávio, ex-Botafogo/RJ e que estava no ABC/RN, ainda não desencantaram, sobrando para o atacante Aldair, remanescente da última temporada, a missão de marcar.

Por outro lado, a defesa pode ser considerada a maior virtude da equipe. Se a média de gols marcados é inferior a 0,5 por partida, a setor defensivo responde passando quatro dos sete jogos sem ser vazado. Um dos grandes responsáveis é o goleiro Jhonatan, que de contestado, passou a ser ovacionado pela torcida, principalmente após o empate do último final de semana com o Avaí, onde o arqueiro defendeu um pênalti e garantiu o 0 a 0.

Vantagem do empate

Diferente da última edição da Copa do Brasil, onde as equipes se enfrentaram e o Joinville segurou o empate em Campo Grande para depois decidir em Santa Catarina, neste ano o confronto é em jogo único, com o Comercial precisando vencer para seguir em frente e o visitante podendo jogar pelo empate ou, claro, pela vitória, para avançar.

Quem chegar à segunda fase, terá pela frente uma longa viagem até o Norte ou Nordeste, dependendo do classificado entre São Raimundo/PA e Fortaleza/CE, que também se enfrentam nesta quarta-feira. 

Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.