Header Ads

Estádio Arthur Marinho passa por vistorias e pode aumentar capacidade para segunda fase do estadual

Polícia Militar avaliou o que ainda precisa ser alterado no
estádio para ser liberado ao estadual (Foto: Anderson Gallo)
O estádio Arthur Marinho, em Corumbá, recebe os últimos ajustes para ser liberado para receber jogos do campeonato estadual. O local recebeu nesta quarta-feira (11) as vistorias da Polícia Militar, que indicou os pontos que ainda necessitam de reparos. Antes, o espaço já havia passado por análise do Corpo de Bombeiros e de Engenharia.

De acordo com a tenente da Polícia Militar, Letícia Escobar, que comandou a vistoria, o estádio precisa se adequar ao parâmetros da Polícia Militar e do Ministério do Esporte, sendo o relatório avaliado pelo Comando do Batalhão da PM.

Para o vice-prefeito do município e diretor-presidente da Fundação de Esportes de Corumbá (Funec), Marcelo Iunes, a situação do estádio está sob controle e após as últimas adequações exigidas pela Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), o local deverá ter todos os laudos aprovados. “Estamos trabalhando para a liberação do estádio e já está sendo tudo providenciado conforme o figurino. Placas de sinalização, pintura, câmeras, está tudo sob controle”, afirmou Iunes.

Além das reformas exigidas, Iunes conta que o gramado do Arthur Marinho já recebeu fertilizantes para que tenha uma qualidade melhor e tanto os espaços de uso dos torcedores como dos jogadores receberam pinturas recentes para maior conforto.

Aumento da capacidade pode ocorrer na segunda fase

Outra adequação que o estádio pode receber é a ampliação da capacidade para a segunda fase do Campeonato Sul-Mato-Grossense, caso o time se classifique. Atualmente, o local pode receber até 5 mil torcedores, mas na fase decisiva, a expectativa é que arquibancadas móveis sejam instaladas, aumentando a capacidade para até 7,5 mil pessoas.

“Hoje, temos uma capacidade para 5 mil pessoas, mas temos a ideia de ampliação em caso de uma classificação para a segunda fase em diante. Seriam arquibancadas móveis com capacidade para mais 2.500 pessoas atrás do gol, na parte sul do estádio, para fazer um verdadeiro Caldeirão do Carijó aqui em Corumbá. Isso exigiria novos laudos, mas é possível fazer, tudo obedecendo as exigências da federação e segurança”, concluiu Marcelo Iunes.

O Carijó é o clube que, frequentemente, mais atrai público nos jogos como mandante no estadual. Em 2016, o clube parou nas semifinais e registrou a melhor média de público da competição. O reencontro com o torcedor acontece no próximo dia 29, pela primeira rodada do estadual, contra o Águia Negra. 

Com informações, Diário Corumbaense
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.