Header Ads

Corumbaense deve apresentar laudos do Arthur Marinho nesta segunda à FFMS

Com um laudo ainda em vigência, outros três necessários para
liberação serão entregues à FFMS (Foto: Ricardo Albertoni)
Nesta segunda-feira (16) os laudos do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e engenharia do estádio Arthur Marinho, em Corumbá, serão entregues à Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul. A entidade, que é a organizadora do Campeonato Estadual da Série A é responsável por encaminhar os documentos ao Ministério Público Estadual, que analisa a documentação com base no Estatuto do Torcedor e recomenda a liberação ou não da praça de esportes.

O presidente do Corumbaense, Luís Bosco Delgado, viajou para apresentar os documentos à FFMS e acredita na liberação da praça esportiva, sem maiores problemas. “Encerramos na sexta-feira (13) toda a parte de fiscalização e controle para a liberação do estádio e reunimos toda a documentação necessária para apresentar na reunião que acontecerá nesta segunda-feira (16)  na sede da Federação. Acreditamos que não teremos nenhum problema em relação ao que estava pendente e certamente o estádio estará apto para a realização dos jogos”, afirmou o presidente ao Diário Corumbaense.

Com a documentação encaminhada, a Funec (Fundação de Esportes de Corumbá), segue trabalhando para o cumprimento das adequações solicitadas pela Federação de Futebol, que incluem instalação de câmeras, bebedouros, grades de segurança, entre outras.

“Está tudo encaminhado. Finalizamos toda a documentação incluindo laudos e alvarás e agora só falta a definição do Ministério Público Estadual. Vamos fazer os últimos ajustes pontuais, fora isso está tudo tranquilo. Estamos trabalhando para cumprir algumas recomendações feitas pelos órgãos de segurança e dar os últimos retoques”, explicou o diretor-presidente da Funec, vice-prefeito Marcelo Iunes.

Para evitar surpresas no meio do ano, está sendo providenciada também a renovação do laudo sanitário que tem vigência até maio deste ano. Segundo o presidente do Corumbaense, o objetivo é resolver os problemas mais simples e priorizar os que requerem maior cuidado e atenção para a segurança do torcedor, jogadores e a comunidade que vão frequentar o estádio.

“A parte estrutural, a Funec está efetuando tudo aquilo que está sendo necessário para cumprir as exigências, mas é questão de tempo e a gente tem um tempo razoável para isso. A chuva atrapalhou um pouco, mas são pequenas e simples adequações que com a realização de um mutirão iremos concluir rapidamente”, disse Luís Bosco Delgado.

Por Diário Corumbaense
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.