Header Ads

Copa São Paulo começa nesta segunda com times de MS tentando melhorar retrospecto na competição

Aquidauanense foi a única equipe do Estado a avançar de fase,
objetivo de Novo e Operário em 2017 (Foto: PlanoTático)
A primeira competição de 2017 tem início nesta segunda-feira (2). Tradicional e maior competição de base a nível nacional, a Copa São Paulo chega a 48º edição, recebendo desta vez Operário e Novo como representantes de Mato Grosso do Sul, dentre os 120 clubes participantes, recorde absoluto em uma só edição.

Embora o Operário vá para sua quinta participação no torneio, o galo, assim como o Novo, que estreia em competições nacionais, busca melhorar o rendimento de clubes do Estado no campeonato. Em 21 participações, com doze diferentes clubes, Mato Grosso do Sul conta com 16 vitórias, 21 empates e 56 derrotas, em 93 jogos, um aproveitamento de apenas 24,7% dos pontos disputados.

A única vez que um clube do Estado avançou à segunda fase da Copinha foi em 2014, com o Aquidauanense, que na primeira fase venceu o Noroeste/SP por 2 a 1, segurou o Flamengo, empatando em 1 a 1 e na última partida venceu o Santo André/SP por 1 a 0, terminando na segunda colocação do grupo, devido ao saldo de gols inferior ao do time carioca. Na segunda fase, o adversário foi o Atlético/MG, que com dois gols na etapa final, venceu os sul-mato-grossenses por 2 a 0 e encerrou a melhor campanha de Mato Grosso do Sul na competição.

Para tentar, ao menos, repetir o feito do clube pantaneiro, o Novo tem como principal arma o técnico Mauro Marino, que era o comandante do azulão em 2014, e agora está à frente do time da capital. O treinador chega à quinta Copa São Paulo consecutiva e espera repetir o sucesso de três anos atrás. “Estou indo para a quinta Copa São Paulo, é um privilégio. Trabalhar com o futebol em Mato Grosso do Sul é difícil, principalmente na base, mas pra mim vai ser uma valorização da minha carreira. Copa São Paulo é aprendizado, experiência, não só para os jogadores como pra mim que sou treinador”, afirma o técnico, que segue a frente do time no estadual.

Apesar do início da competição nesta segunda, os sul-mato-grossenses só entram em campo a partir desta terça-feira (3). O Novo é o primeiro a entrar em campo, contra o Atlético/MG, às 20h, no estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte/SP. No dia seguinte, o Operário estreia contra o Taubaté, às 15h45, no estádio Joaquim de Morais Filho.

Com jogos a cada dois dias para cada equipe, a grande novidade da competição é a possibilidade de até seis alterações por jogo. Porém, os treinadores só poderão usar todas as substituições disponíveis em até três paradas, ou seja, deverão ser trocados ao menos dois atletas por vez.

Confira o calendário de jogos dos times de MS na Copinha:

3/1 – Novo x Atlético/MG, 20h, no estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte/SP (Copa SP);
4/1 – Operário x Taubaté/SP, 15h45, no estádio Joaquim de Moraes Filho, em Taubaté (Copa SP);
5/1 – Novo x Novorizontino/SP, 18h, no estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte/SP (Copa SP);
6/1 – Operário x Corinthians, 20h, no estádio Joaquim de Moraes Filho, em Taubaté (Copa SP);
7/1 – Novo x São Raimundo/RR, 8h, no estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte/SP (Copa SP);
8/1 – Operário x Pinheiro/MA, 14h, no estádio Joaquim de Moraes Filho, em Taubaté (Copa SP);
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.