Header Ads

Chuva atrapalha, mas obras seguem e vistorias no Morenão estão agendadas

De acordo com Marco Tavares, obras estão 90%
concluídas (Foto: Fernando Antunes/CGNews)
As pancadas de chuva que atingem Campo Grande nos últimos dias, típicas do verão, atrasaram em uma semana as obras no Estádio Morenão, informou o vice-presidente da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), Marco Tavares. Mesmo com a instabilidade, os trabalhos estão 90% concluídos, e as vistorias feitas pelo Corpo de Bombeiros e pela Polícia Militar devem ser realizadas nesta semana.

A equipe do Campo Grande News esteve no estádio na tarde desta terça-feira (02). No local, onde dezenove funcionários trabalham, Marco Tavares mostrou o foi e o que está em andamento para que o espaço seja liberado e usado durante a disputa do Campeonato Estadual, que tem início marcado para o dia 28 deste mês.

Tavares explicou que os trabalhos são feitos de forma dividida,possibilitando que a capacidade do estádio seja de 16 mil pessoas. Foram realizados reparos nos guarda-corpos, corrimões, parte das pinturas de cadeiras e iluminação de emergência.

"Fizemos o reajuste da altura do guarda-corpos e do corrimão, além da instalação de luzes de emergência e saída em todos os 16 túneis de acessos", explicou o vice-presidente, completando que alambrados foram colocados em volta do campo para "quem estiver dentro não cair dentro do fosso".

Entre as atividades que não foram realizadas estão a numeração e pintura das cadeiras e das arquibancadas. Os ajustes, que estão previstos no Estatuto do Torcedor, foram atrasados devido as chuvas que atingem a Capital nos últimos dias. "Teve atraso em uma semana. Se não tivesse chovido, era para as arquibancadas já terem sido lavadas e pintadas".

Algumas cadeiras do estádio foram pintadas (Foto: Fernando Antunes/CGNews)

Conforme Tavares, reparos na estrutura dos vestiários bem como  no campo serão feitos. O gramado recebeu 300 kg de adubo no dia 28 de dezembro, e na quarta-feira (04) será coberto com areia e terra."Precisamos esperar ele secar para mexer. Aí para um dia, chove no outro", justificou.

O vice-presidente garantiu que tudo estará pronto para o início do Estadual. "Dá tempo de ficar pronto, sim. Não com a qualidade que poderia ter se não houvesse pressa, mas em termos de serviço não haverá atraso".

As vistorias do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar estão agendadas para quinta (05) e sexta-feira (06), respectivamente. A expectativa, segundo Tavares, é de que 1.400 torcedores devam comparecer ao Morenão em sua reabertura. E o otimismo vai além.

"Cabe aos clubes agora fazer o trabalho de divulgação dos jogos, porque a imprensa está propensa a divulgar e o torcedor tem interesse. Ainda no primeiro semestre já deve ter jogos de nível nacional, porque a parte mais difícil estamos mexendo. Para arrumar o outro lado e aumentar a capacidade para mais de 14 mil torcedores é mais simples", finalizou, se referindo ao acordo feito entre a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e o Governo do Estado para as melhorias no Morenão.

Por Campo Grande News
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.