Header Ads

Apesar da derrota, técnico do Novo se diz satisfeito com resultado e acredita na classificação à segunda fase

Novo esteve na frente até a metade do primeiro tempo,
sofrendo virada no início da segunda etapa (Foto: Reprodução)
Derrota nunca é bom, porém se tiver de acontecer, que seja pela menor diferença possível. Assim se resume a análise do técnico do Novo, Mauro Marino, em relação à estreia na Copa São Paulo, onde sua equipe sofreu a virada após abrir 2 a 0 e viu o Atlético/MG sair com a vitória mesmo com um a menos durante todo o segundo tempo.

Para o treinador, devido às circunstâncias da partida, há uma frustração em sair de campo sem somar pontos, no entanto, por passarem duas equipes por chave, Marino vê boas possibilidades em classificação, mesmo com a derrota na estreia. “Seria importante ter conseguido uma vitória ou até segurar o empate, mas até a derrota pela diferença mínima pode nos dar vantagem desde que o vençamos os outros jogos e o Atlético/MG também vença, por uma diferença maior, o Novorizontino e São Raimundo”, analisou Marino.

Segundo Marino, a partida caminhou bem até o time sul-mato-grossense marcar o segundo gol, aos 26 minutos do primeiro tempo, a partir dai, algumas peças essenciais ao funcionamento e organização tática da equipe em campo se perderam, que acabou comprometendo e deixando o clube mineiro chegar ao empate. No segundo tempo, quando atuou com um a mais desde os três minutos, o treinador atribui ao bom sistema de marcação feito pelo Atlético e à saída rápida em contra-ataque, o terceiro gol sofrido, que determinou a derrota.

Mauro Marino deve promover alterações para o segundo
jogo da equipe na Copinha (Foto: Anderson Ramos)
O técnico vê agora o jogo contra o Novorizontino como vital para a manutenção das chances de seguir no torneio. Após assistir a vitória do time paulista frente ao São Raimundo/RR, por 2 a 0, Marino diz esperar grandes dificuldades, mas demonstra confiança na recuperação. “O público comparece e incentiva muito e o Novorizontino é uma equipe que está muito bem preparada e com certeza vai ser um jogo muito difícil pra nós, mas os meninos já quebraram o gelo da primeira rodada, agora sabem o que é uma Copa São Paulo e a gente espera que eles possam reagir de forma positiva”, afirmou.

Para a segunda partida, o comandante planeja realizar alterações, de acordo com o desempenho de alguns atletas na estreia contra o Atlético e também no modo de jogo visto no time paulista. “Algumas peças não corresponderam ao esperado e temos que analisar, dentro da forma de jogo do Novorizontino, ver vai ser necessário trocar alguns jogadores para que a equipe, em um geral, possa fazer uma boa atuação”, concluiu o técnico, que pretende estudar as opções nesta quarta-feira (4), para então tomar uma decisão.

O Novo faz sua segunda partida na Copa São Paulo nesta quinta-feira (5), às 18h, diante do Novorizontino. O time campo-grandense precisa ao menos empatar para seguir com chances de classificação. O jogo acontece no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte/SP.
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.