Header Ads

Sem vaga na Sul-Americana, campeão da Copa Verde irá as oitavas da Copa do Brasil e poderá faturar até R$ 3 milhões

Times de Mato Grosso do Sul tentarão surpreender na
competição (Foto: Jed Vieira/Gazeta MS)
Se as chances das equipes das regiões Norte, Centro-Oeste e do Espírito Santo chegar a uma competição internacional diminuíram consideravelmente com a retirada da vaga na Copa Sul-Americana ao campeão da Copa Verde, ao menos, financeiramente, o torneio nacional continuará sendo valioso aos clubes.

A partir da próxima edição, o vencedor da Copa Verde terá vaga assegurada nas oitavas de finais da Copa do Brasil do ano seguinte, entrando na competição junto às equipes que disputarem a Libertadores. O que pode não parecer muito, pode dar aos clubes uma sobrevida financeira para o segundo semestre e até para o ano seguinte.

Além dos mais de R$ 2 milhões recebidos pelo campeão na soma de todas as fases da Copa Verde, os clubes agora poderão faturar mais R$ 840 mil, apenas por entrar na fase decisiva da Copa do Brasil, podendo aumentar ainda mais caso continue avançando. O lucro mínimo deve superar os R$ 3 milhões.

O regulamento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) prevê que em caso de o campeão da Copa Verde já estiver garantido na fase final da Copa do Brasil por ter participado da Copa Libertadores ou por outro critério, a vaga passa então ao vice-campeão do torneio regional. 

Neste ano Mato Grosso do Sul será representado pelo campeão estadual, Sete de Setembro, e também pelo Operário, terceiro colocado no estadual. O tricolor douradense enfrenta o Ceilândia na fase prévia da competição, outra novidade, enquanto o galo jogará conta o Luziânia, também do Distrito Federal.

Nas três primeiras edições do torneio, os time sul-mato-grossense nunca conseguiram avançar além da primeira fase, com o Cene caindo em 2014 e 2015 para Brasília e Cuiabá, respectivamente, e em 2016 o Comercial sendo eliminado pelo mesmo clube mato-grossense. O torneio tem início previsto para 29 de janeiro.
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.