Header Ads

Sete de Setembro deve definir participação na Série D na próxima segunda

Parte do futuro do clube deve ser definido na próxima semana
(Foto: Reprodução/O Progresso)
Atual campeão sul-mato-grossense, dono da melhor campanha do Estado na Série D do Campeonato Brasileiro e com vaga garantida para a próxima edição da competição nacional, o Sete de Setembro deve definir na próxima segunda-feira (7) se será novamente um dos representantes de Mato Grosso do Sul na luta pelo acesso à Série C em 2017.

Com problemas financeiros decorrentes do extenso calendário neste ano, tendo ainda dívidas com vários atletas do elenco campeão estadual, o tricolor ameaçou no início da semana renunciar à disputa da competição nacional e apesar de ter até dezembro para decidir, o presidente do clube, Tony Montalvão, promete já na próxima semana um posicionamento definitivo. “Para mim está sendo muito difícil entregar a vaga na Série D. Vou segurar até segunda da próxima semana”, disse.

A medida, segundo o gestor, é uma consequência das promessas não cumpridas por empresas que haviam fechado parceria com o clube durante este ano. “Ficamos aguardando. Tudo acabou saindo do nosso bolso. Único dinheiro que recebi em três campeonatos aqui no Estado foi da Taurus, R$ 50 mil, e esta empresa não deverá continuar”, disse Montalvão ao jornal O Progresso, de Dourados.

Nem mesmo os projetos de marketing lançados pelo clube como sócio torcedor e cartão fidelidade teriam emplacado segundo o dirigente. O primeiro foi lançado durante a Série D mas não teve o retorno esperado e uma nova versão estava prometida para este mês, enquanto o segundo ainda não faz sucesso entre os torcedores. “O cartão fidelidade não vendeu nenhuma unidade. Nem entre a torcida organizada”, afirma Montalvão, lamentando.

Projetando uma reparação das contas desta temporada, o time douradense ainda não fala do planejamento para o próximo ano, mas algo parece certo: os nomes do elenco não devem ter o mesmo peso que em 2016 quando os atacantes Aloísio Chulapa e Otacílio Neto vestiram a camisa tricolor. “Para o Estadual vamos fazer um time pé no chão. Sem estrelas. Sem loucuras e sem inflacionar o mercado”, conclui o dirigente.
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.