Header Ads

Sem presidente definido, Ivinhema deve começar planejamento para 2017 na próxima semana

Após três anos, Adnilson Pinheiro não deseja seguir a frente
do clube em 2017 (Foto: Coluna Foca Online)
Ao que tudo indica, este será o último mês de Adnilson Pinheiro na presidência do Ivinhema. A frente da equipe desde 2013, o ex-árbitro teve seu mandato encerrado em agosto deste ano, porém, apesar de o estatuto permitir a renovação automática, o dirigente afirma: “Estou cansado. Não quero mais ser presidente”.

Assim como acontece em outras equipes do interior, o azulão é dependente quase que exclusivamente da prefeitura do município e cabe ao prefeito reeleito, Eder Uilson França Lima, o Tuta, indicar quem seguirá no comando do time para os próximos anos. “Não quero ser presidente. Estou cansado. Como aqui a prefeitura é o maior parceiro do time, eu dependo de uma indicação do prefeito, do substituto”, disse o dirigente.

A indefinição acaba por prejudicar a preparação da equipe para a próxima temporada. De acordo com Pinheiro, nesta semana estão ocorrendo diversas reuniões com o prefeito, para definir o quanto antes o futuro da equipe. Enquanto isso, a montagem do time deve aguardar, iniciando apenas na próxima semana, diferente do que ocorre nos últimos anos, quando os pré-contratos já são firmados entre agosto e setembro.

Apesar de já não se colocar a frente do time, Pinheiro afirma que seguirá representando o clube em reuniões com a TV Morena, Governo do Estado e Federação, inclusive deve representar o clube no Conselho Arbitral da Série A estadual, programado para o dia 17 de novembro, estando também em busca dos laudos do estádio Saraivão, que deverão ser apresentados até a próxima segunda-feira (14).

Sob o comando de Adnilson Pinheiro, o Ivinhema foi vice-campeão estadual uma vez, em 2015, chegou às semifinais em 2014 e às quartas de finais neste ano. 
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.