Header Ads

CBF cria divisões no Campeonato Brasileiro Feminino e equipes de MS terão calendário mais longo a partir de 2017

Série A1 e A2 começarão a valer a partir de 2017 (Foto: CBF)
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta semana a criação de divisões para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, que será dividido em Série A1 e A2 – equivalente à segunda divisão. A notícia foi comemorada por todos que desejam ver a modalidade em ascensão, inclusive em Mato Grosso do Sul, onde as equipes poderão estender o calendário de partidas.

Até este ano, as equipes se limitavam a participar no máximo do campeonato estadual, que não acontece em diversos anos, por insuficiência de participantes, e da Copa do Brasil, frequentemente encerrada após dois jogos com a eliminação na primeira fase.

Em 2016, o Comercial foi o indicado pela Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) para a competição nacional, já que não houve estadual, e após a eliminação para o Vitória/PE na segunda fase, em 8 de setembro, encerrou o calendário, com um total de três jogos oficiais disputados. A solução para os times do Estado é migrar para competições não organizadas pela CBF.

Diretora de Esportes Femininos do colorado e uma das principais incentivadoras da modalidade em Mato Grosso do Sul, Romilda Campos, comemorou a criação de mais uma competição. “Fiquei feliz por isso, porque é mais uma oportunidade que estão dando para os clubes terem mais jogos. Vamos começar desde já a nos preparar para o ano que vem”, disse.

A expectativa é no próximo ano haja estadual, qualificando o representante do Estado para a segunda divisão nacional e também à Copa do Brasil.

A Série A2

Ainda sem datas, nem participantes definidos, a CBF divulgou poucos detalhes sobre a competição. É certo que a equipe campeã estadual feminino em Mato Grosso do Sul – ou indicada pela FFMS, caso não haja competição –, terá de disputar uma fase preliminar em São Paulo com times de 26 Federações, onde serão distribuídas 13 vagas à segunda divisão.

A expectativa é que ambas as divisões sejam iguais na primeira fase, com dois grupos de oito equipes, que se enfrentam dentro da chave em turno e returno. Na segunda divisão, os dois melhores avançam às semifinais e os finalistas garantem acesso à elite nacional.

Cada equipe participante receberá R$ 10 mil da CBF, que também premiará os semifinalistas com R$ 15 mil e os finalistas com R$ 50 mil e R$ 30 mil, para campeão e vice, respectivamente. Além disso, a entidade prometeu R$ 10 mil por jogo para a equipe mandante e R$ 5 mil à visitante para gastos extras já que passagens aéreas ou de ônibus, hospedagem e alimentação também serão custeados pela entidade.
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.