Header Ads

Operário deve ter volta de Rodrigo Gral e outros sete jogadores para 2017

Autor de cinco gols neste ano, Gral deve desempenhar
função de manager em 2017 (Foto: Divulgação/OFC)
A menos de três meses do início da Série A do Campeonato Sul-Matogrossense, o Operário já começa a revelar prováveis nomes que irão compor o elenco do clube na busca pelo 11º título estadual. Assim como neste ano, o principal reforço para 2017 deverá ser o atacante Rodrigo Gral, no entanto, outros nomes que figuraram no time que terminou na terceira colocação deverão retornar para disputar além do estadual, a Copa Verde.

Em entrevista ao jornal O Correio do Estado, o presidente do galo, Estevão Petrallás, confirmou já estar apalavrado com Gral, que viria para desempenhar a função de ‘manager’, equivalente a jogador-treinador, muito comum na Europa. “O Rodrigo Gral está se preparando para ser um ‘manager’ dentro da estrutura do clube e a conversa está bem adiantada para que ele venha a ter essa primeira experiência profissional nesta área dentro do Operário”, disse.

O próprio jogador havia revelado ao Diário Catarinense, em 19/09, após fazer o gol de número 600 em sua carreira, um acordo verbal com o alvinegro. Neste ano, o atacante ajudou o galo com cinco gols, sendo três em clássicos - dois contra o Novoperário e um no Comerário. Atualmente o jogador que já passou por clubes como Grêmio, Flamengo e Chapecoense, atua no Djursland, que disputa a Série 1 da Dinamarca, quinto patamar nacional.

Além do atacante, Petrallás contou que o clube deverá ter o retorno também do goleiro França, titular no estadual deste ano e grande responsável pela vaga nas semifinais ao defender um pênalti nos acréscimos do segundo jogo das quartas de finais contra o Ivinhema.

A expectativa, segundo o presidente, é que até oito jogadores voltem ao alvinegro para o próximo ano. “O França tem uma conversa muito adiantada e está esperando só um sinal para vir pra cá. É provável que deste mesmo plantel de 2016, pra série A de 2017 e Copa Verde, nós vamos trazer de volta pelo menos oito atletas que figuraram nesse último plantel do profissional”, afirmou.

Sem conquistar um título há vinte anos, o objetivo da diretoria é quebrar o jejum em 2017. Com maior incentivo financeiro do Governo do Estado, através da Fundação de Esporte e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), o galo terá na Copa Verde e na Série A estadual a chance de comemorar mais uma conquista. “É nosso grande objetivo para 2017”, conclui Petrallás.
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.