Header Ads

Corpo encontrado carbonizado em Campo Grande pode ser de ex-vice da FFMS, desaparecido desde terça

Bueno também foi presidente do Taveirópolis
(Foto: Correio do Estado/Arquivo)
Um corpo encontrado na manhã desta quarta-feira (21) na região do Parque dos Poderes, em Campo Grande, pode ser do ex-vice-presidente da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), Alceu Bueno, desaparecido desde a noite da última terça-feira (20).

De acordo com informações do site Campo Grande News, a Polícia Civil aguarda a conclusão dos laudos do exame odontológico para oficializar a morte de Bueno, que também foi presidente do Taveirópolis e vereador de Campo Grande. O corpo teria passado ainda por um exame de raio-x onde teria sido localizada uma placa metálica colocada no braço do ex-dirigente. O celular encontrado próximo à vitima era um Samsung S7, mesmo modelo usado por ele.

A suspeita é que Bueno tenha sido assassinado. O corpo foi localizado por um morador da região por volta das 6h ainda em chamas. Informações, ainda não oficiais, indiciam que a vítima também foi estrangulada. Ele também foi partido ao meio, possivelmente devido ao fato de o produto usado para atear fogo ser corrosivo, segundo o delegado Camilo Kettenhuber Cavalheiro.

Carreira

Último presidente do Taveirópolis, antes do licenciamento, Alceu Bueno foi até 2013 o vice-presidente da FFMS, além de ser um dos idealizadores da fundação do Novoperário, em 2010.

Em 2012, foi eleito vereador de Campo Grande, cargo que ocupou até 2015 quando renunciou após ser condenado, junto a outras quatro pessoas, pelos crimes de extorsão, exploração sexual de vulnerável, corrupção de menores e associação para o crime e tráfico de menor para fins de exploração sexual. Somadas, as penas atingem 57 anos e 20 dias de reclusão e 93 dias-multa em 2015.
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.