Header Ads

Confirmado na Série B, presidente do União/ABC afirma: “nosso objetivo não é subir neste ano”

Time campo-grandense foi um dos representantes do Estado
na Copa SP deste ano (Foto: Reprodução)
Quando sete equipes disputam uma competição onde os dois melhores garantem vaga na divisão superior, o mais sensato a se pensar é que todas elas se planejam para que ao fim do torneio o acesso seja conquistado e que qualquer outro desempenho deva ser considerado frustrante, correto? Não no União/ABC.

Com vaga garantida na Série B do Campeonato Sul-Matogrossense após o Conselho Arbitral realizado na última quinta-feira (15), na sede da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), o time campo-grandense não tem como meta para este ano a qualificação imediata à elite estadual de 2017 e não é por falta de ambição.

Há um ano no comando do clube, o presidente da equipe Fábio Henrique Vicente da Silva, contou ao Arquibancada MS que a realidade atual do clube não permite voos tão altos, mas que isso não significa que a vontade pela vitória será menor durante a competição. “Nosso projeto não é subir já neste ano. Claro que a gente entra numa competição buscando isso e caso aconteça seria muito bom, mas nosso pensamento é estruturar, porque sabemos que hoje não temos condição. [O União] é um clube novo, assumi ano passado [2015] e nosso objetivo é formar jogadores”, afirma.

A filosofia de gestão não fica só nas palavras. Um dos representantes do Estado na Copa São Paulo de Futebol Junior neste ano, a equipe tenta a classificação pelo segundo ano consecutivo ao torneio através do Campeonato Sul-Matogrossense sub-19. De acordo com o dirigente, reforços devem chegar após a disputa da competição de base, porém, o elenco e a comissão técnica comandada por Robson Matos deverá seguir para a segunda divisão estadual.

Apesar de não visar a promoção imediata, caso ela aconteça, o mandatário já prevê formas de acelerar a maturação do time, buscando novos patrocínios para competir de igual para igual com os times da elite. “Se conseguirmos esse acesso vamos adiantar o processo de negociação com alguns parceiros, que seriam para o ano que vem”, conta Fabinho, como é conhecido.

Concentrado na disputa do sub-19, o presidente segue acreditando na conquista da classificação à Copinha. Com o aumento para duas e não mais uma vaga ao torneio, Fabinho acredita que chegando aos seis pontos a vaga deve se oficializar. “Foi um animo a mais, porque se fosse pensar em título praticamente não teríamos mais chances, mas com essa segunda vaga aberta a gente tem totais chances, basta fazer nossa parte”, concluiu.

Depois de duas derrotas nos dois primeiros jogos da competição, o União se recuperou na abertura do returno, batendo o Novoperário por 1 a 0, no estádio Sotéro Zarate, em Sidrolândia, somando os três primeiros pontos. O time volta a campo no próximo sábado (17) contra o Operário, no estádio Olho do Furacão, em Campo Grande, qualquer resultado que não seja a vitória elimina as chances da equipe tricolor.

Pela Série B, a estreia do União está prevista para o dia 15 de novembro, contra o Cene, no estádio Jacques da Luz, também em Campo Grande.

Veja também:

Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.