Header Ads

Aos 66 anos, morre Peri, ídolo do Operário

Peri jogou no Operário de 1976 a 78
(Foto: Reprodução/Facebook)
Faleceu na última quinta-feira (1º), em São Paulo/SP, o ex-jogador do Operário, Pedro Borzato Filho, o Peri, bicampeão estadual em 1976 e 77 e integrante do time que teve a melhor participação do Estado no Campeonato Brasileiro, terminando na terceira colocação em 1977.

Natural de Indiana/SP, o ponta-esquerda começou a carreira no Corinthians, passando por São Bento, Remo, Bahia e Sport/PE, antes que chegar ao time campo-grandense onde ficou de 1976 até o início de 1978. “No Operário eu fui muito bem. Nós fomos bicampeões invictos e em 77, sob o comando do saudoso Castilho, chegamos em terceiro lugar no Brasileiro”, disse o jogador ao sessão “Que fim levou?”, do site Terceiro Tempo.

Através da conta oficial do clube no Facebook, o Operário lamentou a perda do ídolo. "Provavelmente se eu perguntar do jogador Pedro Borzato Filho, poucos saberiam quem foi. Mas se eu falar do grandioso ponteiro esquerdo Peri, ai todos iremos bater palmas para este nosso eterno ídolo e goleador que defendeu com orgulho as cores do nosso glorioso e amado Operário na inesquecível campanha do Brasileirão de 1977. É com pesar, que informamos a todos os nossos torcedores que infelizmente nosso craque do passado nos deixou. Que nosso Deus possa confortar seus familiares neste momento de despedida de seu ente querido. Fica aqui nossa singela homenagem a este grande guerreiro operariano que escreveu um capítulo importante na história de nosso clube. Obrigado Peri", disse a nota do time sul-matogrossense.

Após se destacar pelo galo, Peri jogou no Internacional, Atlético/PR, Remo e Central/PE, onde encerrou a carreira em 1982. Nos últimos anos de vida, o ex-jogador trabalhava como olheiro de garotos para o Esporte Clube Osasco (ECO). Peri era divorciado e deixa um casal de filhos e um neto.
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.