Header Ads

Romilda Campos sinaliza três mudanças no Comercial para jogo decisivo na Copa do Brasil Feminino

Colorado tenta a inédita classifica a segunda fase
(Foto: GloboEsporte)
Enquanto não sai o parecer do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) a respeito da escalação de oito atletas irregulares na partida de ida por parte do Barcelona/RJ, o Comercial segue focado no jogo decisivo desta quarta-feira (31) que pode garantir a classificação dentro de campo à segunda fase da Copa do Brasil Feminino.

Desde o retorno do Rio de Janeiro, as meninas do colorado treinaram três vezes, apesar das chuvas que atingiram a capital, e a técnica Romilda Campos sinalizou três alterações em relação à última partida. Para corrigir o meio campo – setor que não conseguiu distribuir o jogo na partida de ida, segundo Campos –, Elaine Assis, que não pode viajar para o primeiro jogo, irá substituir Elaine Gonçalves.

Na lateral, Jéssica Vergotti, com uma lesão no joelho, dará lugar a Leidy Pereira e a última mudança será a entrada da zagueira Taís, no lugar da xará Tais Ribeiro, que além de defender o colorado, trabalha em Dourados, e não foi liberada para viajar a Campo Grande. Desta forma, o Comercial deverá iniciar o jogo com Mirela; Leidy, Nataly, Tais e Karina; Elaine Assis, Fernanda, Naiziele e Thiely; Maiara e Julia.

Derrotado por 1 a 0 no jogo de ida, o colorado precisará vencer por dois ou mais gols de diferença para sair classificado. Para isso, a treinadora promete ofensividade durante a partida. “Precisamos da vitória então temos que ir pra cima, em momento algum vamos recuar o time”, afirma Campos, que pretende explorar a zaga adversária, definida pela técnica como ‘lenta’.

Outro ponto trabalhado pela técnica nos treinos foi o aproveitamento em bolas paradas. Segundo Campos, as meninas treinaram cobranças de falta e até pênaltis, já que em caso de vitória por 1 a 0 do time sul-matogrossense a classificação será assim decidida.

A treinadora pontua que apesar da virtual classificação, devido às irregularidades das adversárias no primeiro jogo, o objetivo é confirmar a vaga dentro das quatro linhas. “A gente fica triste com essa situação. É um caso grave e muito chato de se acontecer, mas independente disso vamos focar no jogo e conseguir nossa classificação dentro de campo”, conclui.

O jogo decisivo acontece nesta quarta-feira (31), às 15h, no estádio Jacques da Luz, em Campo Grande. A arbitragem será por conta do campo-grandense Thiago Alencar Gonzaga, assistido pela três-lagoense Daiane Caroline Muniz dos Santos e pelo douradense Cícero Alessandro de Souza.
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.