Header Ads

Julgamento que decide se Operário segue ou não no estadual sub-19 é marcado para segunda-feira

Competição deve ter definição na próxima semana
(Foto: FFMS)
Suspenso desde o último dia 22, o Campeonato Sul-Matogrossense sub-19 parece próximo de uma definição sobre seus participantes. O Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul (TJD/MS) anunciou no fim da tarde desta quarta-feira (31), que acontece na próxima segunda-feira (5/9), a partir das 18h30, o julgamento que decide sobre a participação ou não do Operário na competição.

A confusão começou no dia 12 deste mês, quando representantes de seis equipes compareceram ao Conselho Arbitral da competição, indicando interesse na disputa. No entanto, apenas Novoperário e União/ABC cumpriram, de acordo com a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), os requisitos necessários para a participação – dentre eles a regularização no Programa de modernização da gestão e de responsabilidade fiscal do futebol brasileiro (Profut).

No mesmo dia, o Operário entrou com uma liminar no TJD/MS pedindo a inclusão da equipe. Ao Arquibancada MS, o presidente do clube, Estevão Petrallás, contou que a pendência em relação ao Profut depende da Receita Federal, órgão que ainda não emitiu a certidão negativa das dividas do clube. O mandatário chegou até a insinuar má-fé entre o coordenador técnico de competições da FFMS, Marco Tavares, e os representante de Novoperário e União.

“Nós fomos para o arbitral na sexta-feira, com todos os itens, que a convocação do edital previa, solucionados. Chegou lá e de uma forma sorrateira o diretor da Federação [Marco Tavares], junto aos presidentes do genérico [Novoperário] e do União demonstraram desde o início que eles queriam fazer um campeonato de duas equipes, aí cada um fica com uma vaga e vai pra taça São Paulo”, disse Petrallás, na ocasião.

Uma semana depois, a presidente do TJD/MS, Celina de Mello e Dantas Guimarães, deu parecer favorável ao Operário e ordenou que a FFMS incluísse o clube na competição. Insatisfeito com a decisão, o Novoperário, recorreu contra a concessão da liminar, pedindo efeito suspensivo, que levou o Tribunal a paralisar o torneio até que o caso seja julgado de forma definitiva.

A disputa

Após a determinação de inclusão do Operário, chegou a ser realizada uma partida na competição, em que o Novoperário bateu o União/ABC por 2 a 0, em Sidrolândia. O segundo jogo do triangular seria realizado no último sábado (27), entre Operário e União/ABC, no entanto a suspensão do torneio adiou o confronto.

Caso o julgamento dê ganho favorável ao Operário, a competição deve seguir normalmente, com a tabela já divulgada pela FFMS. No entanto, se o parecer der ganhou ao Novo, a tendência é que a única partida disputada na competição seja considerada como primeira jogo da final e que outro confronto entre as equipes seja realizado para definir o campeão e dono da vaga do Estado na Copa São Paulo de Futebol Junior de 2017, realizado pela Federação Paulista de Futebol.
Copyright © 2016 Arquibancada MS. Todos os direitos reservados.. Tecnologia do Blogger.